, ,

Explorando Cuba: 6 Dicas Essenciais para se Planejar

Cuba, a ilha do charme caribenho, é um destino que encanta viajantes do mundo inteiro com sua rica história, cultura vibrante e paisagens deslumbrantes. Se você está planejando uma viagem para este paraíso tropical, é importante estar bem preparado para aproveitar ao máximo sua aventura. Neste artigo, vamos explorar oito dicas essenciais que garantirão uma experiência inesquecível em Cuba.

A unificação das duas moedas cubanas, o peso cubano (CUP) e o peso cubano conversível (CUC), em 1º de janeiro de 2021, marcou um marco significativo na economia do país. Anteriormente, essa dualidade de moedas criava uma complexidade para os turistas que visitavam a ilha, pois precisavam lidar com taxas de câmbio diferentes e entender como cada moeda era usada em diferentes contextos.

Com a unificação, agora é mais fácil para os viajantes entenderem e lidarem com a moeda em Cuba. Agora, 24 pesos cubanos valem 1 dólar americano, estabelecendo uma taxa de câmbio fixa que simplifica o processo de conversão monetária. Isso significa que os turistas não precisam mais se preocupar em calcular diferentes taxas de câmbio ao trocar dinheiro ou fazer compras no país.

No entanto, é importante estar ciente de que essa mudança pode ter um impacto nos preços dos produtos e serviços em Cuba. Com a unificação das moedas, é possível que os preços sejam ajustados para refletir essa nova realidade econômica. Isso pode resultar em preços ligeiramente mais altos em comparação com anos anteriores, à medida que os estabelecimentos comerciais se adaptam à nova situação.

Apesar disso, a unificação das moedas também traz benefícios para os turistas. Agora, os viajantes não precisam mais se preocupar em trocar suas moedas por CUCs específicos para turistas, simplificando ainda mais o processo de viagem e tornando mais fácil o planejamento financeiro durante a estadia em Cuba.

Close up picture of Cuban peso.

Ao chegar em Cuba, uma das primeiras coisas que você deve considerar é a sua moeda. Certifique-se de ter dólares americanos, euros, libras esterlinas, pesos mexicanos ou dólares canadenses para trocar. É importante evitar levar reais brasileiros ou dólares americanos devido às taxas adicionais que podem ser aplicadas durante a troca.

Uma vez em solo cubano, procure as casas de câmbio oficiais, conhecidas como Cadecas, para fazer a troca de sua moeda. Essas casas de câmbio oferecem a melhor taxa de câmbio disponível e são amplamente reconhecidas como locais confiáveis para realizar transações monetárias. Ao utilizar as Cadecas, você pode garantir que está obtendo o melhor valor para sua moeda estrangeira.

Ao trocar seu dinheiro, é importante estar ciente das diferentes taxas de câmbio oferecidas para cada moeda. Embora o dólar americano possa ser amplamente aceito em muitos países ao redor do mundo, em Cuba, ele está sujeito a taxas adicionais devido ao embargo comercial entre os dois países. Portanto, é aconselhável optar por outras moedas, como o euro ou a libra esterlina, para evitar essas taxas extras.

Além disso, é sempre uma boa ideia trocar apenas a quantidade de dinheiro que você espera gastar durante sua estadia em Cuba. Carregar grandes quantidades de dinheiro em espécie pode ser arriscado, e é mais seguro manter a maior parte de seus fundos em sua conta bancária ou em um cartão pré-pago.

Coins

Antes de embarcar em sua viagem para Cuba, é importante estar ciente dos requisitos de entrada no país. Um dos principais documentos que você precisará é o cartão de turismo, que funciona como um visto de entrada para visitantes estrangeiros. Este cartão é essencial para permitir sua estadia na ilha por até 30 dias.

Felizmente, adquirir o cartão de turismo para Cuba é relativamente simples. Você pode obtê-lo de duas maneiras principais: com sua companhia aérea antes do voo ou na chegada ao país, diretamente no aeroporto. Muitas companhias aéreas oferecem a opção de comprar o cartão de turismo durante o processo de check-in ou reserva de passagens, o que pode ser conveniente para muitos viajantes.

Ao chegar em Cuba, certifique-se de ter todos os documentos necessários prontos para apresentar às autoridades de imigração. Isso inclui sua passagem de saída do país dentro do período de 30 dias permitido e os US$ 20 necessários para pagar pelo cartão de turismo. Ter esses itens prontos e acessíveis facilitará o processo de entrada e evitará atrasos ou problemas desnecessários.

É importante lembrar que o cartão de turismo é válido apenas por 30 dias a partir da data de entrada em Cuba. Se você planeja ficar mais tempo do que isso, será necessário solicitar uma prorrogação do seu visto antes que expire. No entanto, para a maioria dos viajantes, um cartão de turismo de 30 dias é suficiente para desfrutar de tudo o que Cuba tem a oferecer.

Flat lay of passport with ticket and money with credit cards on a map. tourism concept

Apesar dos avanços recentes, a internet em Cuba ainda apresenta limitações significativas, tanto em termos de acesso quanto de custo. Os turistas que visitam o país devem estar cientes dessas restrições e se preparar para lidar com uma conexão instável e muitas vezes lenta durante sua estadia.

Em Cuba, o acesso à internet é geralmente disponibilizado por meio de cartões de acesso, que podem ser adquiridos em locais específicos, como hotéis, pontos de acesso WiFi e algumas lojas autorizadas. Esses cartões geralmente têm um tempo de uso limitado e são vendidos por preços que podem variar dependendo do local e da duração do acesso.

É importante estar ciente de que a qualidade da conexão à internet em Cuba pode ser inconsistente. Mesmo em áreas onde o acesso está disponível, os turistas podem enfrentar velocidades de conexão lentas e interrupções frequentes. Portanto, é recomendável ter expectativas realistas em relação à conectividade durante sua viagem.

Além disso, os custos associados ao acesso à internet em Cuba podem ser relativamente altos em comparação com outros países. Os turistas devem estar preparados para gastar uma quantia considerável de dinheiro se desejarem manter uma conexão constante durante sua estadia. Planejar um orçamento adequado para despesas com internet pode ajudar a evitar surpresas desagradáveis ​​ao final da viagem.

O que é Internet das Coisas? - Canaltech

Cuba é conhecida por estar sujeita a furacões durante a temporada que vai de agosto a outubro. Esses fenômenos naturais podem resultar em condições climáticas extremas e representar um risco para os viajantes. Portanto, se possível, é aconselhável evitar viajar para Cuba durante esses meses para evitar possíveis contratempos relacionados ao clima.

Durante a temporada de furacões, é comum que as autoridades emitam alertas e avisos para garantir a segurança dos residentes e visitantes. Além disso, as infraestruturas de transporte e turismo podem ser afetadas, o que pode resultar em cancelamentos de voos, fechamento de estradas e interrupções nos serviços públicos.

Para desfrutar de condições climáticas mais estáveis e minimizar os riscos associados aos furacões, é recomendável planejar sua viagem para Cuba durante os meses de novembro a abril. Durante esse período, as chances de ocorrência de furacões são significativamente menores, proporcionando uma experiência de viagem mais tranquila e segura.

Ao planejar sua viagem, é sempre uma boa ideia ficar atento às previsões meteorológicas e às recomendações das autoridades locais. Mantenha-se informado sobre as condições climáticas atuais e tome as precauções necessárias para garantir uma viagem segura e agradável. Ao fazer isso, você poderá aproveitar ao máximo tudo o que Cuba tem a oferecer, sem se preocupar com os efeitos adversos do clima.

Datas para Cuba

Em Cuba, o transporte público pode apresentar algumas limitações para os turistas. Os serviços de ônibus, por exemplo, podem ser irregulares e nem sempre atender às necessidades dos viajantes. Isso pode resultar em esperas prolongadas e dificuldades para se locomover de uma cidade para outra.

Uma alternativa viável é considerar o aluguel de um carro. Isso oferece mais liberdade e flexibilidade para explorar a ilha no seu próprio ritmo. No entanto, é importante estar ciente de que as condições das estradas nem sempre são ideais e que a sinalização pode ser limitada em algumas áreas. Além disso, é recomendável reservar o carro com antecedência, especialmente durante a alta temporada, para garantir sua disponibilidade e evitar contratempos.

Outra opção é utilizar táxis coletivos, conhecidos como “colectivos”. Esses são carros compartilhados que seguem rotas específicas entre as cidades. Embora possam ser uma alternativa conveniente e econômica, é importante negociar o preço com o motorista antes de embarcar e estar preparado para compartilhar o veículo com outros passageiros.

Independentemente da opção escolhida, é sempre aconselhável planejar com antecedência e estar preparado para possíveis contratempos durante a viagem.

Taxis Colectivos – TAXIS CUBA

Espero que tenham gostado dessas dicas ! Vocês podem conferir conteúdo diário sobre a nossa estádia em Cuba pelo nosso site : Mochileiros pelo Mundo – Viaje mais gastando menos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prepare a sua viagem
Últimos Artigos
Afiliados & Parceiros
Booking.com
Artigos Relacionados
Gostou do nosso conteúdo? Leia mais artigos com dicas de viagens
ARTIGOS DIVERSOS DE VIAGENS PELO MUNDO​
Photo O que fazer em Lisboa?

O que fazer em Lisboa?

Lisboa, a capital de Portugal, é um destino turístico popular que atrai milhões de visitantes todos os anos. Com sua rica história, arquitetura deslumbrante, deliciosa

Photo Jupiters moon

Europa

A Europa é um continente fascinante, repleto de história, cultura e paisagens deslumbrantes. Com uma diversidade geográfica e cultural impressionante, a Europa atrai milhões de

Photo 10 atrações imperdíveis em Roma

10 atrações imperdíveis em Roma

Roma é uma cidade repleta de história, arte e cultura, com inúmeras atrações turísticas para visitar. Se você está planejando uma viagem para a capital

No more posts to show