Roteiro para fazer o sul da Islândia

O sul da Islândia é um destino turístico popular que atrai viajantes de todo o mundo em busca de paisagens naturais deslumbrantes. Com suas cachoeiras majestosas, praias de areia preta e a maior geleira da Europa, a região oferece uma experiência única para os amantes da natureza. Além disso, o sul da Islândia também é conhecido por suas atividades ao ar livre, como caminhadas na geleira, passeios de snowmobile e observação de auroras boreais. Se você está planejando uma viagem para a Islândia, não deixe de incluir o sul do país em seu roteiro.

Resumo

  • O sul da Islândia é um destino imperdível para os amantes da natureza.
  • Planeje sua viagem com antecedência para chegar ao sul da Islândia.
  • As principais atrações do sul da Islândia incluem cachoeiras e praias de areia preta.
  • Explore a maior geleira da Europa no Parque Nacional Vatnajökull.
  • Siga um roteiro de 3 dias para aproveitar ao máximo o sul da Islândia.

Como chegar ao sul da Islândia: dicas para planejar sua viagem

Existem várias opções de transporte para chegar ao sul da Islândia. A maneira mais comum é voar para o Aeroporto Internacional de Keflavík, localizado perto da capital Reykjavík, e depois pegar um voo doméstico para o Aeroporto de Reykjavík. De lá, você pode alugar um carro e dirigir até o sul da Islândia. Outra opção é pegar um ônibus ou contratar um serviço de transfer do aeroporto para a região.

Se você optar por alugar um carro, é importante estar ciente das condições das estradas na Islândia. Muitas estradas são de cascalho e podem ser escorregadias, especialmente durante o inverno. É recomendável alugar um carro com tração nas quatro rodas e verificar as condições das estradas antes de viajar. Além disso, é importante respeitar os limites de velocidade e estar preparado para dirigir em condições climáticas adversas.

A melhor época para visitar o sul da Islândia é durante os meses de verão, de junho a agosto, quando as temperaturas são mais amenas e as estradas estão em melhores condições. No entanto, se você estiver interessado em ver as auroras boreais, a melhor época é durante o inverno, de setembro a março. Nesse período, as temperaturas podem ser muito baixas, então é importante estar preparado com roupas adequadas.

As principais atrações do sul da Islândia: cachoeiras, praias de areia preta e muito mais

O sul da Islândia é famoso por suas paisagens naturais deslumbrantes, incluindo algumas das cachoeiras mais impressionantes do país. A cachoeira Seljalandsfoss é uma das mais populares e permite que os visitantes caminhem atrás dela para ter uma vista única. Outra cachoeira imperdível é a Skógafoss, que tem uma queda d’água de 60 metros de altura e é cercada por uma paisagem deslumbrante.

Além das cachoeiras, o sul da Islândia também é conhecido por suas praias de areia preta. A praia de Reynisfjara é uma das mais famosas, com suas colunas de basalto e formações rochosas impressionantes. A praia de Vik também é uma parada obrigatória, com sua areia preta e falésias dramáticas.

Outra atração imperdível no sul da Islândia é a lagoa glacial Jökulsárlón, onde os visitantes podem fazer passeios de barco entre os icebergs flutuantes. É um lugar verdadeiramente mágico e uma experiência única.

Além dessas atrações populares, o sul da Islândia também oferece outras paisagens deslumbrantes, como campos de lava, vulcões e montanhas. É um paraíso para os amantes da natureza e um destino que não pode faltar em seu roteiro pela Islândia.

O que fazer no Parque Nacional Vatnajökull: explorando a maior geleira da Europa

O Parque Nacional Vatnajökull é uma das principais atrações do sul da Islândia e abriga a maior geleira da Europa. Com uma área de mais de 8.000 km², a geleira Vatnajökull é uma das maravilhas naturais mais impressionantes do país.

Uma das atividades mais populares no Parque Nacional Vatnajökull é fazer caminhadas na geleira. Existem várias trilhas disponíveis, que variam em dificuldade e duração. É uma experiência única caminhar sobre o gelo e apreciar as vistas deslumbrantes ao redor.

Outra atividade popular na região é fazer um passeio de snowmobile na geleira. É uma maneira emocionante de explorar a paisagem gelada e sentir a adrenalina enquanto dirige pela neve.

Além disso, o Parque Nacional Vatnajökull também oferece a oportunidade de observar as auroras boreais. Durante os meses de inverno, quando as noites são mais longas, é possível ver as luzes dançantes no céu noturno. É uma experiência verdadeiramente mágica e uma das principais razões pelas quais muitas pessoas visitam a Islândia.

Roteiro de 3 dias no sul da Islândia: um itinerário completo para aproveitar ao máximo

Se você tem apenas três dias para explorar o sul da Islândia, aqui está um roteiro sugerido para aproveitar ao máximo sua viagem:

Dia 1: Comece o dia visitando a cachoeira Seljalandsfoss e caminhando atrás dela para ter uma vista única. Em seguida, siga para a cachoeira Skógafoss e suba até o topo para apreciar a vista panorâmica. Continue até a praia de Reynisfjara e explore suas formações rochosas impressionantes. Termine o dia na cidade de Vik, onde você pode jantar em um dos restaurantes locais e passar a noite.

Dia 2: No segundo dia, visite a lagoa glacial Jökulsárlón e faça um passeio de barco entre os icebergs flutuantes. Em seguida, siga para o Parque Nacional Vatnajökull e faça uma caminhada na geleira ou um passeio de snowmobile. Termine o dia em uma pousada próxima ao parque.

Dia 3: No último dia, explore as paisagens deslumbrantes do Parque Nacional Skaftafell, que faz parte do Parque Nacional Vatnajökull. Faça uma caminhada até a cachoeira Svartifoss e aproveite as vistas panorâmicas da região. Em seguida, siga de volta para Reykjavík, fazendo paradas ao longo do caminho para apreciar as paisagens e fazer refeições.

Este roteiro é apenas uma sugestão e pode ser adaptado de acordo com suas preferências e tempo disponível. Lembre-se de reservar acomodações com antecedência, especialmente durante os meses de verão, quando a demanda é maior.

Onde se hospedar no sul da Islândia: sugestões de hotéis e pousadas

Existem várias opções de hospedagem no sul da Islândia, que variam de hotéis luxuosos a pousadas mais simples. Aqui estão algumas sugestões:

– Hotel Rangá: Localizado perto da cidade de Hella, o Hotel Rangá é um hotel boutique de luxo que oferece vistas panorâmicas das montanhas e do rio Rangá. O hotel possui quartos confortáveis, um restaurante premiado e uma variedade de atividades ao ar livre.

– Fosshotel Glacier Lagoon: Localizado perto da lagoa glacial Jökulsárlón, o Fosshotel Glacier Lagoon oferece quartos modernos com vistas deslumbrantes da paisagem circundante. O hotel também possui um restaurante e um bar, onde os hóspedes podem desfrutar de refeições e bebidas.

– Guesthouse Skálafell: Localizada perto do Parque Nacional Vatnajökull, a Guesthouse Skálafell oferece quartos simples e confortáveis ​​com vistas panorâmicas das montanhas. A pousada também possui uma cozinha compartilhada, onde os hóspedes podem preparar suas próprias refeições.

– Hotel Katla by Keahotels: Localizado perto da cidade de Vík, o Hotel Katla by Keahotels oferece quartos confortáveis ​​e uma variedade de comodidades, incluindo um restaurante, um bar e uma piscina aquecida. O hotel também oferece passeios e atividades ao ar livre para os hóspedes.

Essas são apenas algumas opções de hospedagem no sul da Islândia. É importante reservar com antecedência, especialmente durante os meses de verão, quando a demanda é maior.

O que comer no sul da Islândia: pratos típicos e restaurantes recomendados

A culinária islandesa é conhecida por seus pratos únicos e ingredientes frescos. No sul da Islândia, você encontrará uma variedade de restaurantes que oferecem pratos típicos e deliciosos. Aqui estão algumas sugestões:

– Sveitagrill Miu: Localizado na cidade de Hvolsvöllur, o Sveitagrill Miu é um restaurante acolhedor que serve pratos tradicionais islandeses, como peixe fresco, cordeiro e sopa de mariscos. O restaurante também oferece opções vegetarianas e veganas.

– Halldorskaffi: Localizado na cidade de Vik, o Halldorskaffi é um restaurante popular que serve pratos tradicionais islandeses, como sopa de cordeiro, salmão defumado e bolo de chocolate lava. O restaurante também possui um terraço ao ar livre com vista para o mar.

– Sudur-Vik: Localizado na cidade de Vik, o Sudur-Vik é um restaurante familiar que serve pratos tradicionais islandeses, como bacalhau grelhado, cordeiro assado e sopa de mariscos. O restaurante também oferece opções vegetarianas e veganas.

– Hótel Geirland: Localizado perto do Parque Nacional Skaftafell, o Hótel Geirland possui um restaurante que serve pratos tradicionais islandeses, como carne de cordeiro, salmão defumado e sopa de mariscos. O restaurante também oferece opções vegetarianas e veganas.

Esses são apenas alguns dos restaurantes recomendados no sul da Islândia. Não deixe de experimentar os pratos típicos da região, como o skyr (um tipo de iogurte islandês), o pão de centeio e o licor de brennivín.

Dicas para fotografar as paisagens deslumbrantes do sul da Islândia

O sul da Islândia é um paraíso para os fotógrafos, com suas paisagens deslumbrantes e luzes únicas. Aqui estão algumas dicas para fotografar as paisagens naturais da região:

– Fotografe durante as horas douradas: As horas douradas, que ocorrem logo após o nascer do sol e antes do pôr do sol, oferecem uma luz suave e quente que é perfeita para fotografar paisagens. Aproveite esses momentos para capturar as cores vibrantes do sul da Islândia.

– Use um tripé: Para fotografar cachoeiras e outras paisagens em longa exposição, é importante usar um tripé para evitar trepidações. Isso permitirá que você capture o movimento da água de forma suave e artística.

– Experimente diferentes perspectivas: Não tenha medo de se mover e experimentar diferentes ângulos e perspectivas. Suba em uma colina, deite-se no chão ou suba em uma rocha para obter uma visão única da paisagem.

– Use filtros: Filtros podem ser úteis para equilibrar a exposição em paisagens de alto contraste, como cachoeiras e praias de areia preta. Um filtro de densidade neutra pode ajudar a reduzir a quantidade de luz que entra na câmera, permitindo que você capture detalhes tanto nas áreas claras quanto nas áreas escuras da imagem.

– Esteja preparado para o clima: O clima na Islândia pode ser imprevisível, então esteja preparado para fotografar em condições adversas. Leve capas de chuva para você e sua câmera, e proteja sua câmera do vento e da umidade.

Como se vestir para encarar o clima frio da Islândia: dicas de roupas e acessórios

O clima no sul da Islândia pode ser frio e ventoso, especialmente durante os meses de inverno. Aqui estão algumas dicas para se vestir adequadamente e enfrentar o clima frio da Islândia. Primeiro, é importante usar camadas de roupas para se manter aquecido. Comece com uma camada base térmica, que ajuda a reter o calor do corpo. Em seguida, adicione uma camada intermediária, como um suéter de lã ou fleece, para fornecer isolamento adicional. Por cima, use um casaco impermeável e corta-vento para proteger-se do vento e da chuva. Não se esqueça de usar calças térmicas ou calças impermeáveis para proteger as pernas. Além disso, é essencial usar acessórios como luvas, gorro e cachecol para proteger as extremidades do corpo. Opte por materiais como lã ou fleece, que são mais eficientes em reter o calor. Por fim, escolha calçados adequados, como botas impermeáveis e com isolamento térmico, para manter os pés secos e quentes. Seguindo essas dicas, você estará preparado para enfrentar o clima frio da Islândia com conforto e segurança.

Confira também o artigo sobre a condenação de uma empresa de ônibus a pagar R$ 10 mil em indenização por morte de cachorro durante viagem entre Amazonas e Roraima. Saiba mais aqui.

FAQs

O que é o sul da Islândia?

O sul da Islândia é uma região da Islândia que abrange uma grande variedade de paisagens naturais, como geleiras, cachoeiras, praias de areia preta, vulcões e campos de lava.

Quais são as principais atrações turísticas do sul da Islândia?

Algumas das principais atrações turísticas do sul da Islândia incluem a cachoeira Seljalandsfoss, a praia de areia preta de Reynisfjara, o Parque Nacional Vatnajökull, a geleira Sólheimajökull e o vulcão Eyjafjallajökull.

Qual é a melhor época para visitar o sul da Islândia?

A melhor época para visitar o sul da Islândia é durante o verão, de junho a agosto, quando as temperaturas são mais amenas e os dias são mais longos. No entanto, o inverno também pode ser uma época interessante para visitar a região, especialmente para ver as luzes do norte.

Como chegar ao sul da Islândia?

Existem diversas opções para chegar ao sul da Islândia, incluindo voos para o Aeroporto Internacional de Keflavík, aluguel de carro ou ônibus de turismo. A principal rodovia que atravessa a região é a Rota 1, também conhecida como Ring Road.

Quanto tempo é necessário para explorar o sul da Islândia?

O tempo necessário para explorar o sul da Islândia depende do ritmo de cada viajante e das atrações que deseja visitar. No entanto, é recomendável reservar pelo menos 3 a 4 dias para explorar a região com calma.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prepare a sua viagem
Últimos Artigos
Afiliados & Parceiros
Booking.com
Artigos Relacionados
Gostou do nosso conteúdo? Leia mais artigos com dicas de viagens
ARTIGOS DIVERSOS DE VIAGENS PELO MUNDO​
Photo phuket tailândia pacotes

phuket tailândia pacotes

Phuket é uma ilha localizada na Tailândia e é um dos destinos turísticos mais populares do país. Com suas praias paradisíacas, cultura rica e gastronomia

Onde ir em Bruxelas? Jeanneke Pis

Jeanneke Pis, é a versão feminina do Manneken Pis. Esta menina, que está numa posição, não muito bonita, é mais recente que o original e não

Woman with USA flag.

Uma incrível viagem aos Estados Unidos

Preparação para a viagem: documentação, passagens e hospedagem Antes de embarcar em uma viagem para os Estados Unidos, é importante realizar uma série de preparativos.

No more posts to show