São Paulo ganha voos diretos para o Cairo, no Egito, a partir de setembro – UOL

Acesse seus artigos salvos em
Minha Folha, sua área personalizada
Acesse os artigos do assunto seguido na
Minha Folha, sua área personalizada

Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Gostaria de receber as principais notícias
do Brasil e do mundo?
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
A partir de 4 de setembro, o Brasil terá uma nova e inédita ligação aérea direta com o Egito. Fretados pela Masterflights, uma consolidadora aérea espanhola, os voos sem escalas entre São Paulo e o Cairo serão operados quinzenalmente pela EgyptAir, a companhia aérea estatal do Egito, e começaram a ser vendidos nesta sexta-feira (12).
Atualmente, a viagem entre São Paulo e o Cairo exige pelo menos uma conexão na Europa, no Oriente Médio ou em Istambul, na Turquia – levando o tempo total de viagem para pelo menos 17h. O novo voo direto deve durar pouco mais de 12h, e será operado pelo Boeing 787-900 Dreamliner, o avião mais moderno da fabricante americana, com capacidade para 300 passageiros (279 na econômica e 21 na executiva).
Já aprovados pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), os voos estão programados para partir do Aeroporto Internacional de Guarulhos sempre às segundas-feiras, às 4h da madrugada, chegando ao Cairo às 16h35. Já os voos de retorno partem da capital egípcia aos sábados, às 18h, e chegam em Guarulhos às 7h20 do dia seguinte. Os horários representam a hora local das cidades.
Como inicialmente os voos serão quinzenais, quem quiser ir e voltar ao Egito sem escalas precisará, necessariamente, permanecer por 12 noites no destino —essa será a proposta dos pacotes oferecidos pelas agências de viagens que comercializam o voo. Quem preferir pode comprar apenas os voos, sem hospedagens e passeios, mas com as mesmas restrições de datas.
Datas correspondem, respectivamente, aos voos de ida e volta

A partir de janeiro, caso a demanda se confirme, os voos passarão a ser semanais, permitindo aos passageiros fazer uma viagem menor, de cinco dias, indo e voltando do país africano na mesma semana.
Para 2024, existem planos de adicionar mais uma frequência semanal à rota e até de estender uma delas até Buenos Aires, reforçando as opções dos passageiros na rota entre São Paulo e a capital argentina —que, além das companhias nacionais dos dois países, também é operada por outras cinco estrangeiras, que são uma boa alternativa para viajar de executiva sem gastar uma fortuna.
A conexão do Brasil com o Egito sem escalas já vinha sendo negociada pela Embratur com as autoridades egípcias e a EgyptAir pelo menos desde o ano passado. Mas, segundo o CEO da MasterFlights, Alfonso Martinez, um conjunto de fatores que inclui a ausência de acordos bilaterais entre os países, riscos de mercado e a limitação de frota acabaram inviabilizando a operação.
Foi aí que o modelo de negócios da empresa, baseado em fretamento, se mostrou uma opção, principalmente por dividir os riscos da companhia aérea com a consolidadora —que já oferece 14 voos semanais entre seu país de origem, a Espanha, e o Egito. As duas empresas então criaram uma joint-venture no Brasil, que ofertará o novo voo aos brasileiros através das agências de viagem.
“No último ano, mesmo sem uma conexão direta, o Egito recebeu cerca de 40 mil turistas brasileiros, grande parte pelo turismo religioso, e que aproveitam para visitar o Egito e Israel na mesma viagem”, disse Martinez à Folha.
“Com um voo semanal, conseguimos atender pouco mais de um terço dessa demanda, que certamente deve crescer com uma nova opção sem escalas. Isso sem contar as grandes colônias árabes e israelitas que o Brasil abriga e que também devem contribuir com o crescimento da rota”, estima o executivo.

Como viajar ao Egito sem escalas
Os passageiros que buscarem o novo voo da EgyptAir em buscadores como o Skycanner e o Google Flights não o encontrarão. Por ser um voo fretado, ele será oferecido somente através de agências de viagem, que podem vender apenas os voos ou pacotes que incluem também hospedagens e passeios. Conexões do Cairo para Tel Aviv, em Israel, também serão ofertados. “Procure o seu agente de viagem de confiança e pergunte a ele sobre os voos diretos ao Egito”, recomenda o CEO da MasterFlights, que atende os agentes de viagens pelo site www.egyptflights.com.br.
Voo charter, ou fretado, é uma modalidade de voo bastante utilizada por operadores do turismo para atender uma demanda específica que, apesar de existir, ainda não é grande o suficiente para justificar a operação de voos regulares. É o mesmo modelo que agências de viagens como a CVC utilizam para levar grandes grupos de cidades do interior do país (que normalmente não tem boa conectividade aérea) direto para destinos turísticos muito procurados, como as capitais nordestinas.

Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Leia tudo sobre o tema e siga:
Você já conhece as vantagens de ser assinante da Folha? Além de ter acesso a reportagens e colunas, você conta com newsletters exclusivas (conheça aqui). Também pode baixar nosso aplicativo gratuito na Apple Store ou na Google Play para receber alertas das principais notícias do dia. A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade. Obrigado!
Mais de 180 reportagens e análises publicadas a cada dia. Um time com mais de 200 colunistas e blogueiros. Um jornalismo profissional que fiscaliza o poder público, veicula notícias proveitosas e inspiradoras, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Carregando…
Carregando…
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Presidente retorna ao principal palco internacional após mais de dez anos com a promessa de recuperar imagem do Brasil
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Comando da estatal age para reduzir pena a construtora e muda regra sobre impedir participação em licitações
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Presidente da Câmara disse em entrevista à Folha que comando do banco 'faz parte do acordo entre os partidos'

O jornal Folha de S.Paulo é publicado pela Empresa Folha da Manhã S.A. CNPJ: 60.579.703/0001-48
Copyright Folha de S.Paulo. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.
Cadastro realizado com sucesso!
Por favor, tente mais tarde!

source

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prepare a sua viagem
Últimos Artigos
Afiliados & Parceiros
Booking.com
Artigos Relacionados
Gostou do nosso conteúdo? Leia mais artigos com dicas de viagens
ARTIGOS DIVERSOS DE VIAGENS PELO MUNDO​

Quais são os tipos de classes um voo?

Tipos e diferenciais de cada cabine: O tipo de classe de voo está relacionado à cabine que você vai ocupar quando for viajar. Geralmente, são

No more posts to show
Verified by MonsterInsights