Hoje nas notícias: Pensões, excedente externo e IP – ECO


Para efectuar a subscrição é necessário iniciar a sessão.

Esqueceu-se da palavra-passe?

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.
Uma visão económica e política do país e do mundo. Exclusiva. Com assinatura. Só os membros desta comunidade têm acesso. Para decidir de forma informada, e antes dos outros. Não queremos assinantes, queremos membros ativos da comunidade.
{{ calculatePrice(‘premiumEco’) }} por ano por mês
{{ calculatePrice(‘premiumEcoAdvocatus’) }} por ano por mês
Só no primeiro semestre deste ano o gabinete da Provedora de Justiça registou 96 queixas por atraso nas pensões, sendo que em 17% dos casos a demora é superior a dois anos. Em destaque na imprensa está ainda a notícia de que Portugal voltou a ter as contas externas positivas entre abril e junho deste ano.
Só no primeiro semestre deste ano o gabinete da Provedora de Justiça, Maria Lúcia Amaral, registou 96 queixas por atraso nas pensões, sendo que em 17% dos casos a demora é superior a dois anos, isto apesar do contributo da Pensão na Hora para acelerar o processo de atribuição das reformas. A Provedora continua, por isso, a chamar a atenção para a morosidade de alguns serviços da Segurança Social como sendo “um dos maiores obstáculos à efetivação dos direitos de proteção social, comprometendo o princípio da eficácia das prestações sociais e colocando em risco os grupos mais vulneráveis”.
Leia a notícia completa no Público (acesso pago).
Portugal voltou a ter as contas externas positivas entre abril e junho deste ano, o que já não acontecia desde 2014, o que se explica com a melhoria da balança comercial de bens e o reforço do excedente da balança de serviços, por causa do turismo. De acordo com o Banco de Portugal, o saldo conjunto das balanças corrente e de capital atingiu 1.532 milhões de euros no segundo trimestre. Só em período homólogo de 2022 registou-se um défice de 1.498 milhões.
Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).
O emprego público está a ser segurado pelos municípios, freguesias e administrações regionais, tendo estagnado na administração central. O crescimento é mais pronunciado nas freguesias, que registaram um aumento de 9,5% do emprego público no segundo trimestre, em termos homólogos, o que corresponde a mais 1.380 pessoas, para um total de 15,9 mil postos de trabalho. Em dez anos, o emprego público nas freguesias disparou 46%.
Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (ligação indisponível)
Há oito imóveis militares para serem integrados no programa de arrendamento acessível, disponibilizando 1.379 novas casas que foram cedidas pelo ex-ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, ao ex-ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos. Mas, até à data, a intenção não saiu do papel. Além disso, num protocolo, assinado 30 de junho de 2021, o Governo anunciou que as Forças Armadas iriam receber 110 milhões de euros, pela concessão por 75 anos dos direitos de superfície, para investimento nas suas infraestruturas. Também ficou aquém: só receberam 15,4 milhões da verba prometida.
Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago).
A Infraestruturas de Portugal (IP) já lançou 17 das obras que assegurou ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e tem sete em construção, num montante de 67 milhões de euros, o que corresponde a 17% do total que a empresa pública tem de contratar até ao final do ano e executar até 2026. Já as outras dez empreitadas, que representam um investimento total de 190 milhões de euros, estão em fase de contratação. Tal corresponde a 65% dos 395 milhões que assegurou da “bazuca”.
Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.
De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.
Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Empresas preveem aumentos de 4,2%. Poder de compra encolhe

Quais são as seguradoras que estão a crescer mais em 2023?

Swiss Life quer mais ações

Allianz avança com plano Net Zero para 2030

Novobanco contacta bancos para avançar com IPO

Estado da União: Ucrânia e IA são os temas de von der Leyen

Governo enviará em breve à AR os nomes para o TdC europeu

França suspende venda de iPhone 12 devido a radiação elevada

Mais 134 trabalhadores despedidos no parque da Autoeuropa

Exportações de componentes automóveis sobem 19,6% até julho
Arrancam hoje candidaturas para cheque de formação digital
Mulheres debatem empreendedorismo no feminino
CDS pede a Costa baixa dos impostos sobre as empresas
Rebranding na Comercial. Pedro Ribeiro explica porquê
Portugal Tech Week quer realizar mais de 200 eventos
Três meses depois, ex-Parque Escolar continua sem liderança
{{ noCommentsLabel }}
Ainda ninguém comentou este artigo.
Promova a discussão dando a sua opinião
Receba gratuitamente informação económica de referência
Disponível gratuitamente para iPhone, iPad, Apple Watch e Android
Receba gratuitamente informação económica de referência
Disponível gratuitamente para iPhone, iPad, Apple Watch e Android
Atualize o seu browser para ter uma melhor experiência e visualização deste site. Atualize o seu browser agora
×

source

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prepare a sua viagem
Últimos Artigos
Afiliados & Parceiros
Booking.com
Artigos Relacionados
Gostou do nosso conteúdo? Leia mais artigos com dicas de viagens
ARTIGOS DIVERSOS DE VIAGENS PELO MUNDO​
Photo pacotes para tailandia

pacotes para tailandia

A Tailândia é um destino turístico popular conhecido por suas belas praias, templos deslumbrantes, cultura rica e gastronomia deliciosa. No entanto, planejar uma viagem para

Como ir ao Vaticano em Roma?

Saiba que existem muitas maneiras para você chegar até o Vaticano. Bora lá! 🙂 Se você é um aventureiro em busca de uma experiência única

No more posts to show