Relato de Thay Galterio que ficou 3 dias completos em Marrakech e compartilhou com a gente!

Relato de Thay Galterio que ficou 3 dias completos em Marrakech e compartilhou com a gente!

Relato e imagens de Thay Galterio

O exotismo do Marrocos

Viva os sabores, os odores, os temperos, os artesanato e as areias de um país situado no noroeste da África. Um dos lugares mais fantásticos e exóticos que já estive foi no Marrocos. Viagem incrível que fiz na companhia de um grande companheiro, companheiro, o qual  compartilhou comigo de grandes viagens e boas aventuras. Compartilho aqui parte de alguns momentos e fotos de uma aventura exótica pelas areias marroquinas.

Fomos ao Marrocos em fevereiro de 2013. Chegamos em Marrakech num voo da companhia área easyjet que saiu de Paris. Tempo de voo: 3:00. Porém nosso voo demorou muito mais que 3 horas,não sabemos o porquê. Vai saber o que o piloto estava fazendo….hahaha

Além do voo demorar, estávamos muito ansiosos e nos dava a impressão que o voo não iria chegar nunca ao destino, e mais hein…nosso voo estava lotado de crianças e bebês chorando loucamente. Nada contra os chorinhos, mas eles quase não incomodam os viajantes, ne?! rsrsrs

Já em terras firmes, a imigração foi tranquila em Marrakech. O bom de sermos amados (brasileiros) hahaha não precisamos de visto de entrada até 90 dias, porém, devemos ter o passaporte original válido.

Após a imigração, não sabíamos como iriamos até o hostel , já era noite e estávamos um pouco incerto quanto ao lugar.  Bom, resolvemos ir de ônibus, avistei o ônibus, sai correndo desesperada até o ponto (logo que você sai do aeroporto de Marrakech, olhe para o lado esquerdo e avistará um banco, isso mesmo! Aí é o ponto de ônibus que te leva até o centro da cidade e se der uma corridinha básica é bem capaz que escute um ula lá ula lá (cantada básica de marroquinos). Fiquei tímida!

Descemos na Praça Jeema el Fna e foi aquela loucura: moto, carros, gente, muita gente, barraquinhas, mãos pra lá, mãos pra cá, faz comida, pega dinheiro, faz comida de novo, espreme laranja e vai damasco, encantadores de cobras, comerciantes,  tudo num mesmo lugar, em uma mesma praça, uma algazarra só. E foi aí que nos perdemos… Não conseguíamos achar o hostel por aquelas ruelas, era tudo igual, todas as ruelas, todas as barraquinhas, os mesmo artesanatos, o mesmo tom de cor, ai gente que loucura: Bem vindo ao Marrocos!

Ficamos 3  dias completos em Marrakech, foi o suficiente para conhecer a cidade e arredores próximos. Vale a pena visitar:Medersa Ali Ben Youssef, Jardim Majorelle, Medina de Marrakech, Praça Jeema el Fna, Mercado de Marrakech, Palácio de Bahia, Mesquita e Minarete de Koutubia, Kasbah Mosque, El Badi Palace, Saadian Tombs, Museu de artes marroquinas, Tin mal mosque, Rahba Kedima. Recomendo! 

E fizemos a excursão de 2 dias no Saara, com direito a Ait Benhaddou, Ourzazate, paradas turísticas e paisagísticas, 1 hora de camelo antes do por do sol e antes do nascer do sol, apresentação musical do povo que árabes e berberes que habitam o Deserto do Saara, almoço, jantar e café da manhã. Fechamos a excursão pelo hostel que ficamos Riad Layla Rouge: hostel muito bom, agradável, staff sensacional, ótima localização,ótimo café da manhã e ótimo chá de menta. Recomendo! 

Tenha uma ideiaExcursãoSaara

A excursão ao Saara foi incrível, pena que para chegar até as dunas do Deserto do Saara e aos pontos turísticos vão algumas horinhas de viagem, mas nada que atrapalhe o humor,né?! Afinal, a paisagem é excêntrica.

De lá, voltamos para Marrakech de onde pegamos um trem (horários dos trens) noturno rumo a Tânger, situado junto ao Estreito de Gibraltar.

Informações sobre o Marrocos:

Localização: Noroeste do Continente Africado

Cidades Principais: Casablanca, Rabat, Fès e Marrakech

Fuso Horário: +3h

Idioma: árabe (língua oficial), berbere francês e espanhol

Moeda: Dirham

Informações sobre os horários do Transporte Público, Estacionamento, Serviços, Clima acesse: Aeroportosdomundo

Vacinação:

Obrigatória: nenhuma

Geralmente Recomendadas: Tétanos-difteria, Pertússis, Tríplice Viral, Hepatite A

Onde comer: Casa Saada, (Aqui tem um maravilhoso tajine de frutas secas); Praça Djeema El Fna (Há várias opções) Recomendo! 

Sugestões Onde ficar: Riad Layla RougeHostel Riad Marrakech Rouge;Rainbow Marrakech

Ah! E não se esqueça, aqui tudo é negociável. Dificilmente as coisas tem preços. Bom lugar para aprimorar suas habilidades comerciais. Dica: dê o preço mais baixo possível de quanto você acha que vale o produto, pois o preço deles vão lá em cima.

Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de viagem de Thayara Galterio em Marrocos
Relato de Viagem por Thay Galterio, que foi gentilmente cedido pela autora para publicarmos  no Blog do Mochileiros pelo Mundo.
Autoria e Imagens: Thay Galterio.
Contatos: 
thaygalterio@gmail. Com
Blog: