O que é o campo de concentração de Auschwitz criado por Hitler na Polônia? O campo de concentração de Auschwitz-Birkenau. – Parte 1

O que é o campo de concentração de Auschwitz criado por Hitler na Polônia? O campo de concentração de Auschwitz-Birkenau.  – Parte 1

Você sabe o que é o Complexo de Auschwitz-Birkenau? Além de ter sido uma das experiências mais triste, emocionante e enriquecedora culturalmente que já vivi, também é este o nome dado ao conjunto de campos de concentração e exterminação construídos por Adolf Hitler, na II Guerra Mundial. Os campos ficam em uma região no sul da Polônia, chamada Oświęcim, à 60 quilómetros de Cracóvia. Os campos de concentração, ou melhor, o que restou deles (depois da guerra eles tentaram eliminar todas as provas destruindo os campos), se tornou um local de visitação, que diariamente, recebe milhares de turistas do mundo inteiro. 

Como ir para Auschwitz, o campo de concentração na Polônia?
Como ir para Auschwitz, o campo de concentração na Polônia?

Um pouquinho de História

Depois de 1940, durante a II Guera Mundial, Adolf Hitler, ordenou que construíssem vários campos de concentração e um campo de extermínio nesta região, na Polônia. Os campos foram construídos com  a intenção de extermínio em massa especialmente dos judeus. O campo de concentração de Auschwitz, foi o maior dos campos de concentração nazistas, sendo formado por Auschwitz I (Stammlager, campo principal e centro administrativo do complexo); Auschwitz II–Birkenau (campo de extermínio), Auschwitz III–Monowitz, e mais 45 campos satélites em cidades vizinhas. No início, apenas polacos e judeus eram aprisionados e mortos nestes campos, entretanto, mais tarde os prisioneiros de guerra soviéticos, ciganos, e prisioneiros de outras nacionalidades mesmo sendo minorias eram também presos nos campos.

Como ir para Auschwitz, o campo de concentração na Polônia?

O que significa Auschwitz?

Auschwitz, é o nome dado em Alemão para Oświęcim, a cidade em que os campos estão localizados. Já “Birkenau”, é a tradução alemã para Brzezinka (floresta de bétulas), referia-se  a uma pequena vila polonesa que foi destruída para que o campo pudesse ser construído.

Quantas pessoas inocentes morreram ali?

O primeiro comandante, Rudolf Höss, testemunhou depois da guerra, no Julgamento de Nuremberg, que mais de três milhões de pessoas haviam morrido ali, sendo que 2.500.000 gaseificadas e 500.000 de fome e outras doenças. Hoje em dia, os números mais aceitos são em torno de 1,3 milhão, sendo 90% deles de judeus. Outros deportados para Auschwitz e executados foram 150 mil poloneses, 23 mil ciganos romenos, 15 mil prisioneiros de guerra soviéticos, cerca de 400 testemunhas de Jeová e dezenas de milhares de pessoas de diversas nacionalidades. Aqueles que não eram executados nas câmaras de gás morriam de fome, doenças infeciosas, trabalhos forçados, execuções individuais ou experiências médicas.

Como ir para Auschwitz, o campo de concentração na Polônia?
Como ir para Auschwitz, o campo de concentração na Polônia?

Quando foi que os campos de concentração foram desativados? 

Em 27 de janeiro de 1945, os campos foram libertados pelas tropas soviéticas, dia este que é comemorado mundialmente como o Dia Internacional da Lembrança do Holocausto, assim designado pela Assembleia Geral das Nações Unidas, resolução 60/7, em 1 de novembro de 2005, durante a 42º sessão plenária da Organização. Em 1947, a Polônia criou um museu no local de Auschwitz I e II.

O que significa a frase no portão de entrada do campo de concentração?

Quem já se interessou sobre Auschwitz, deve ter lido ou ouvido falar sobre a frase sob o portão de entrada no campo. A frase com o escrito: “Arbeit macht frei“, que tem a tradução por incrível que pareça: O trabalho liberta.

Clique no Link  e acesse o artigo sobre a minha visita a Auschwitz 

Fonte:

Alguns dados sobre a História foram tirados da Wikipedia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Auschwitz-Birkenau

[box type=”info” align=”aligncenter” ]Não sabe por onde começar a viagem? Faça tudo sozinho! Resolva sua viagem!

Reserve Hotéis em Cracóvia com o Booking.com

Reserve Hotéis na Polônia com o Booking.com

Alugue um carro na Polônia  com a RentalCars

Faça o seu Seguro Viagem com a Mondial Assistance Seguros [/box]