Cinetose, aquele enjoo na hora de viajar! O que é e como evitar

Cinetose, aquele enjoo na hora de viajar! O que é e como evitar

Você tem enjoos nas suas viagens? Sabe como chama essa doença?  A cinetose, ou “mal do movimento“, afeta principalmente as crianças, pois elas têm o labirinto (centro de equilíbrio localizado no interior do ouvido, ainda imaturo),entretanto, muitos adultos também sofrem com isso. Para as pessoas que ficam com enjôo, uma viagem de carro, ônibus, avião pode chegar a ser um desafio. Quando a pessoa sofre de cinetose não há paisagem bonita que consiga superar os sintomas que a doença causa: náuseas, suores, batimento cardíaco aumentado e até dificuldades para respirar. 

O que é a cinetose?

A cinetose é um distúrbio do aparelho vestibular, responsável pelo equilíbrio do corpo, que provoca enjoo com presença ou não de vômito, sensação de desmaio, vertigem, suores frios e mal-estar causado por náuseas. O problema se dá quando o cérebro recebe informações desconexas, que podem ser enviadas pelos sistemas visual (olhos), vestibular (labirinto) ou proprioceptivo (receptores sensoriais das articulações e músculos). Qualquer dessas alterações em um desses sistemas podem ocasionar sintomas de desequilíbrio e náuseas. 

O que ocorre é que todos os sentidos da pessoa são ativados ao mesmo tempo. Se houver algum ‘desalinhamento’ entre eles ocorre o que é chamado de desequilíbrio, ou enjôo do movimento. Seus olhos estão dizendo que você está parado e os ouvidos dizendo o oposto. E o mal estar é uma resposta do corpo dizendo “algo não está certo”.

O mal estar não ocorre somente em viagens. Quem sofre disto, também sofre em parques de diversões, navios, jogos de vídeo game, cinemas 3D ou 4D podem ocasionar os sintomas da cinetose. Exatamente porque você sente que está se movendo quando está parado. Os olhos dão a impressão de que você está se movendo e o líquido dos ouvidos internos passa ao cérebro uma informação diferente.

Todas as pessoas podem apresentam cinetose? 

Todas as pessoas podem apresentar os sintomas em ocasiões específicas, mas algumas são mais resistentes que outras. Pessoas com problemas de visão ou nos ouvidos internos têm mais possibilidade de apresentarem a dificuldade. Diabéticos às vezes ficam com os pés dormentes e podem apresentar os sintomas, já que não conseguem identificar pelo tato se estão se movendo. Alguns estudos mostram que se a sua mãe tem enjôo de movimento você terá mais chance de também ter, mas esta é uma associação bem fraca, geneticamente falando.

Fonte e maiores informações:

http://hypescience.com/como-evitar-enjoo-ao-andar-de-carro/

http://www.culturamix.com/saude/comportamento-saude/como-evitar-enjoos-durante-a-viagem